Avançar para o conteúdo principal

Equidade...

Oi...
Sexta à noite ficou marcada, não pela paupérrima prestação da Selecção de Futebol, mas pelo teleconferência do nosso Primeiro Ministro.
Infelizmente não se espantou ou surpreendeu... Era previsível que algo como aquilo que ele disse aconteceria e, infelizmente (x2), parece que eu tinha razão quando previ que 2013 iria ser pior ou muito pior que 2012.
Mas há algo que me intrigou e partilho aqui. 1- o Tribunal Constitucional num acórdão sobre o Orçamento de Estado de 2012, disse que este não era equitativo entre os funcionários públicos e privados, por serem cortados os subsídios de férias e natal; 2- o Primeiro Ministro, anunciou que em 2013, iria cortar um dos subsídios e o outro seria reposto durante os doze meses; 3- na mesma noite anunciou que o desconto para a Segurança Social passa de 11% para 18%, tanto para o público como para o privado; 4- na prática esse aumento é o mesmo que cortar um dos subsídios; 5- conclusão e na prática, ao privado é retirado um subsídio e ao público dois.
Deixo uma pergunta: afinal assim há equidade? Equidade é sinónimo de igualdade...
Abraços e beijos...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

2018

Oi...

No início de mais um ano, são muitos os votos/desejos, que ouvimos, da saúde à felicidade, há um pouco de tudo.
O meu desejo para este novo ano, 2018, é CONFIAR, não por não confiar, mas por ter sido assim que vivi o ano de 2017.
Confiar, que não estou só...
Confiar, que há alguém que me guia e acompanha...
Confiar, que o amanhã sempre sempre melhor que o hoje...
Confiar, que não há problemas, mas sim desafios...
Confiar, que cada dia é uma nova oportunidade, para fazer e ser melhor...
Confiar, que apesar das minhas fragilidades, tudo é possível...
Confiar, que o amor é e será sempre vencedor...
Por isso, desejo que a confiança não seja apenas um desejo, mas um objetivo e realidade.
Quem confia jamais está sozinho.

Pensemos nisto...

Preto ou Branco???

Olá...

Hoje parece que vivemos num país/mundo branco e preto, onde as possibilidades são ou és por mim ou és contra mim...
Seja na política, futebol, religião ou outra realidade qualquer... mas penso que isso é mentira, pois não ser por ti, não é forçosamente ser contra ti... é verdade que viver num mundo preto e branco, é mais fácil, para mentes pequeninas e mesquinhas, mas a realidade mostra-nos que há muitas cores e são essas cores que fazem a beleza da vida.
Ser do Sporting, não é ser contra o Porto ou o Benfica, é ser do Sporting, ponto.
Ser católico, não é ser contra os protestantes, ou contra judeus ou muçulmanos, ponto.
Ser do CDS, PSD, PS, PCP ou do Bloco não é ser contra o Bloco, PCP, PS, PSD ou CDS, ponto.
E podia continuar o resto do dia na mesma lengalenga.
Hoje parece que não podemos falar/discutir, sem nos agredirmos:(
Este é o mundo que os ditadores e os extremistas querem.
Eu posso ser contra o aborto, mas isso não quer dizer que não possa falar e ser amigo de quem é …

Redes...sem rede

Oi...

Um destes dias ao fazer zapping, detive-me na TVI, a ver a Casa dos Segredos, não vou tecer comentários sobre o programa em si, penso não ser necessário ;)  Mas houve um pensamento que me veio à mente: como as redes sociais vieram mudar tanta coisa. Explico:  1. no livro, de George Orwell, "1984" (publicado em 1949), há uma visão do futuro (1984), que hoje já foi ultrapassada, mas que é bem real, de queremos saber a vida dos outros até aos seus pormenores mais íntimos e desnecessários;  2. no primeiro dia de setembro de 1997, fomos acordados com a notícia da morte da princesa Diana, para muitos causada pelo desejo louco de saber tudo o que ela fazia, chegando ao ponto de ser perseguida.  O que têm estes dois acontecimentos com a Casa dos Segredos? Muito... Pois nem George Orwell previu que pessoas no século XXI, iriam voluntariamente para uma casa, nem a Princesa Diana hoje seria perseguida da mesma forma, pois tudo ficaria registado no Facebook ou Instangram, como ve…